quinta-feira, 28 de julho de 2016

Portas Abertas para Diálogos com Marcílio Costa e Camila Fialho

A Palavra é o limite com Marcílio Costa e Camila Fialho

A palavra como ponto de partida para um diálogo com as mais variadas expressões: fotografia, vídeo, instalação, performance, objeto, livro de artista, e outras possibilidades. O projeto A palavra é o limite da pesquisadora independente em artes, Camila Fialho, será recebido na próxima edição Fotoativa Portas Abertas, que acontece na quinta, dia 04 de agosto, às 19h, na sede da Fotoativa, com o poeta e artista visual Marcílio Costa.
A palavra é o limite propõe investigar o uso da palavra na produção artística contemporânea, a partir do diálogo e de trocas entre pesquisadora e grupo de artistas visuais, no âmbito do grupo de estudos Laboratório de Projetos, vinculado ao Núcleo de Pesquisa e Documentação da Fotoativa, do qual Camila é coordenadora. O projeto foi contemplado pelo Prêmio Experimentação, Pesquisa e Difusão Artística 2016, através do Programa de Incentivo à Arte e à Cultura – SEIVA, Fundação Cultural do Estado do Pará.
“Entre rodas de diálogo abertas ao público, leituras e experimentações práticas de criação, ao final, apresentaremos uma exposição coletiva com os artistas do grupo, acompanhada de um ensaio crítico-reflexivo resultante da pesquisa, que alia também processo de criação e se dá ao mesmo tempo de forma individual e colaborativa, tendo como eixo condutor a palavra e seus limites (ou sua diluição) no campo das artes”, complementa Camila.
Jirau, 2015. de Marcílio Costa e Véronique Isabelle
Jirau, 2015. de Marcílio Costa e Véronique Isabelle
Inaugurando a roda de Diálogos o bate-papo será com o poeta e artista visual Marcílio Costa, autor dos livros de poesia Celina… (2010) e Depois da Sede (2013). Na mesa, artista e pesquisadora debatem sobre a inscrição da palavra em processos permeados pela criação poético-literária. Na sequência, também em agosto, acontece uma segunda conversa, desta vez com o artista e pesquisador Alexandre Sequeira acerca das narrativas orais no campo das artes visuais.
Fotoativa Portas Abertas
O retorno das atividades da Fotoativa no Casarão da praça das Mercês, reúne uma diversidade de ações em desenvolvimento constante, por fotógrafos, artistas, escritores, músicos, pesquisadores e interessados no compartilhamento de ideias e iniciativas.
O espaço se mantém vivo e atuante com programações que já reuniram diversas pessoas, seja em dias inteiros dedicados à realização de oficinas e apresentações, como também em eventos pontuais, de lançamento de publicações, debates e experimentações, que também possam potencializar as atividades no Casarão.
Frame do vídeo Chuva, de Marcílio Costa
Frame do vídeo Chuva, de Marcílio Costa
Marcílio Costa é poeta e artista visual. Nasceu em Marabá/PA, vive e trabalha em Belém/PA. Em 2010 foi contemplado com a Bolsa Funarte de Criação Literária com o projeto “Todas as Ruas”. No cinema, Marcilio traz na bagagem o curta metragem Muragens – crônicas de um muro (IAP-2009); Pedaços de Pássaros (Minc-2013). Em 2015, realizou a individual “Entre o rumor e o silêncio” na Galeria Theodoro Braga.
Camila Fialho (Porto Alegre/RS, 1980) vive e trabalha em Belém/PA como pesquisadora independente em artes. É colaboradora da Associação Fotoativa, nas áreas de gestão, produção e desenvolvimento de projetos culturais, atualmente coordena o Núcleo de Pesquisa e Documentação da entidade. Formada em Letras (2005) e Mestre em Literatura Francesa (2009) pela UFRGS, tem especialização em Práticas Curatoriais e Gestão Cultural pela Faculdade Santa Marcelina (2012).


SERVIÇO

Fotoativa Portas Abertas para ‘A Palavra é o Limite’
diálogos com Marcílio Costa e Camila Fialho: a poesia nas artes visuais
acontece quinta-feira, 04 agosto, a partir das 19h
na Fotoativa, Praça das Mercês, 19 – Centro Histórico de Belém
entrada gratuita



Associação Fotoativa


Associação Fotoativa
desde 1984

 

visite fotoativa.org.br
escreva a.fotoativa@gmail.comligue +55 (91) 3225-2754
Praça das Mercês, 19 · Campina · Belém · Pará · Brasil

Nenhum comentário: