terça-feira, 26 de agosto de 2014

2014.2 na Associação Fotoativa


A Associação Fotoativa que em agosto desse ano completou seu aniversário de 30 anos com uma linda festa de abertura das comemorações inicia essa semana as oficinas e laboratórios do 2º semestre.



Com início marcado para hoje (26.ago.2014) a oficina Primitivo da Fotografia: objeto teórico, projeto crítico, projeto histórico com Ionaldo Rodrigues pretende abordar uma seleção de imagens e questões desenvolvidas na criação e aperfeiçoamento de processos fotográficos pela geração de pioneiros do século XIX.
inscrições e + informações



Por sua vez a oficina De Olhos Vendados: iniciação a fotografia com Miguel Chikaoka e Valério Silveira iniciará na próxima segunda (01.set.2014) visando propiciar aos participantes um mergulho na essência do fazer fotográfico a partir dos sentidos da luz.
inscrições e + informações




Paralelamente em setembro iniciará o 1º Lab.Círio - Laboratório de Criação em Narrativas Visuais que conta com a mediação de Allan Maués, Cinthya Marques e Rodrigo José e a participação especial de Patrick Pardini, Miguel Santa Brígida, Octávio Cardoso e João de Jesus de Paes Loureiro nessespaço de troca de experiências entre artistas, pesquisadores e profissionais consagrados, a partir do discurso fotográfico.

'O Lobo Atrás da Porta', primeiro longa metragem de Fernando Coimbra, estreia no Cine Líbero Luxardo

'O Lobo Atrás da Porta', primeiro longa metragem de Fernando Coimbra,  estreia 
  no Cine Líbero Luxardo

"O Lobo Atrás da Porta" ganhou prêmio no Festival Internacional de Cinema de Sán Sebatián, e fez parte da Seleção Oficial do Festival de Toronto 2013. 
Leandra Leal ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival do Rio 2013, por sua atuação neste primeiro longa de Fernando Coimbra. 
 
 apresenta

O Lobo Atrás da Porta
Título original: O Lobo Atrás da Porta | Direção:  Fernando Coimbra | Roteiro:  Fernando Coimbra | Gênero: Drama/suspense | Ano: 2013 | País:  Brasil | Elenco:  Antonio Saboia, Fabiula Nascimento, Juliano Cazarré, Leandra Leal, Milhem Cortaz, Tamara Taxman, Thalita Carauta | Produção: Caio Gullane, Fabiano Gullane, Débora Ivanov, Gabriel Lacerda, Pablo Torrecillas e Rodrigo Castellar | Trilha sonora: Ricardo Cutz |Fotografia: Lula Carvalho | Montagem: Karen Akerman | Produtora: Gullane e Tc Filmes | Distribuidora:  Imagem Filmes | Cor: Colorido | Duração: 95 min. |  Classificação etária: 16 anos

​​
​​Sinopse: O desaparecimento de uma criança faz com que seus pais, Bernardo (Milhem Cortaz) e Sylvia (Fabiula Nascimento), vão até uma delegacia. O caso fica a cargo do delegado (Juliano Cazarré), que resolve interrogá-los separadamente. Logo descobre que Bernardo mantinha uma amante, Rosa (Leandra Leal), que é levada à delegacia para averiguações. A partir de depoimentos do trio, o delegado descobre uma rede de mentiras, amor, vingança e ciúmes envolvendo o trio.
.

Datas e horários das sessões:

27* a 30/08 (quarta a sábado) - 19h
31/08 (domingo) - 17h e 19h
03 a 06/09 (quarta a sábado) - 19h
07/09 (domingo) - 17h e 19h


Ingressos: R$ 8,00 (com meia entrada para estudantes) 
 Projeto Plateia: Dia 27 de agosto (quarta-feira) - Entrada franca para estudantes na sessão de estreia do filme
O Cine Líbero Luxardo dispõe de 86 lugares, com espaços para cadeirantes
  
 
 

Realização:
Governo do Estado do Pará | Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves

___________________________________________________________________

Cine Líbero Luxardo
Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves | Av. Gentil Bittencourt, 650, Nazaré, Belém, Pará
Informações: (91) 32024321 | cinelibero@gmail.com

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Terça-feira (19 de agosto) começa a 'Mostra Doc Musical' do 9º Festival Se Rasgum no Cine Líbero Luxardo

Terça-feira (19 de agosto) começa a 'Mostra Doc Musical' do 9º Festival Se Rasgum

Mostra Doc Musical de 19 à 21 de agosto no Cine Líbero Luxardo, a partir de 18h. “Mobília em casa”, dos Móveis Coloniais de Acaju é um dos longas a serem exibidos na programação




DOCUMENTÁRIOS MUSICAIS – Dando prosseguimento à mostra iniciada no ano passado, a produção do Festival Se Rasgum está programando documentários novos e inéditos, como O curta "Festival Se Rasgum 2013", de Vladimir Cunha , e “Mobília em casa”, dos Móveis Coloniais de Acaju. Confira abaixo a programação completa – que ainda inclui o lançamento e exibição de videoclipes de artistas paraenses.  A entrada é franca!!

Para mais informações acesse: 



Confira a programação completa da Mostra Doc Musical

19/08 - 18 horasVideoclipe
“Cerveja” - Félix Robatto
Um calor e uma cerveja gelada. Essa é a sensação que a música “Cerveja”, de Félix Robatto dá. Planejado e já em processo de pré-produção, pela Fóton Filmes.

Curta
“Festival Se Rasgum 2013” - Vladimir Cunha
Os bastidores do festival do ano passado, com entrevistas e shows.

Documentário
“Mobília em Casa” - Móveis Coloniais de Acaju e a Cidade


O documentário musical tem como trilha sonora as músicas do novo álbum da banda, conta com a direção de fotografia da uruguaia Barbara Alvarez (Whisky) e com a direção do cineasta José Eduardo Belmonte (Se Nada Mais Der Certo), que também assina roteiro e montagem.


20/08 - 18 horas
Videoclipe
“Concurso” - Molho Negro

A primeira faixa do disco foi divulgada em forma de clipe, que conta com o bom humor da banda e guitarras frenéticas e o barulho de garagem.

“Em Defesa da Família” - Aeroplano

Primeiro clipe de “Ditadura da Felicidade”, segundo álbum do Aeroplano, mostra que as famílias mudaram. Ou não. Tanto faz. O que importa é viver em paz.

Documentário

21/08 - 18 horas
“Desagradável” - Gangrena Gasosa

O filme conta a trajetória da banda Gangrena Gasosa, provavelmente a mais maldita do Brasil. São duas horas das mais impressionantes histórias passadas durante os quase 25 anos de trajetória. Espancamentos, atropelamentos de trem, represálias pela Europa, evolução e força de vontade.

Videoclipe
“Hard Labour” - Alex Minoff

Curta
“Coleção Waldemar Henrique” - Acivaldo Negrão



________________________________
Cine Líbero Luxardo
Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves
Av. Gentil Bittencourt, 650, Nazaré, Belém, Pará
Informações: (91) 32024321 | cinelbero@gmail.com

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Curso "Como ler um Filme: Introdução Teórica ao Audiovisual”



Curso "Como ler um Filme: Introdução Teórica ao Audiovisual”


O curso é atividade prévia ao Festival de Audiovisual de Belém (FAB 2014), que conta com o patrocínio do Banco da Amazônia e será realizado de 17 a 20 de setembro, no Cinema Olympia



*** Quando? De 25 a 29 de agosto, de 18h às 21h.

*** Onde? No CLIC, que fica no Prédio da Associação Comercial do Pará (ACP), na Av. Pte. Vargas, 158, entre Santo Antônio e Gaspar Viana. O andar é o 6º e a sala 602 (Escola On).

*** Ministrante: Lorenna Montenegro, jornalista e crítica de cinema filiada à ACCPA.

*** Ementa:
História da arte: os principais movimentos. Um pouco da história da fotografia. Estabelecendo algumas regras nos primórdios do cinema. Produção e consumo de obras cinematográficas. O desenvolvimento de uma lógica normativa nas narrativas audiovisuais. A linguagem do cinema definindo a técnica. Planificação e movimentos de câmera. Recursos de edição – a criação de sentidos na montagem. A estética do filme: alguns exemplos. O espaço-tempo na tela grande; Como a arte contemporânea subverte a construção narrativa no cinema.

* Dia 01 – As sete artes e suas semelhanças
- História da arte;
- A fotografia em movimento: o cinema;
- Estabelecendo as regras do jogo ou elaborando a gramática da estética narrativa
- Exemplificações e exibição de trechos de filmes da década de 10, 20 e 30.

* Dia 02 – Cinema como produto industrial: a técnica é o fundamento
- O desenvolvimento de lógicas na narrativa audiovisual;
- Os movimentos e estilos que nascem no cinema ou se retro-alimentam de outras expressões artísticas;
- Diferenciando forma e conteúdo.
- Exemplificações 

* Dia 03 – Estética e linguagem
- Leitura de trechos de “A estética do Filme”, de Jacques Aumont, e “Linguagem Cinematográfica”, de Marcel Martin;
- Cinema documentário e sua utilização em filmes de ficção;
Exemplificações: trechos de cenas analisadas pelos teóricos em seus livros.

* Dia 04 – Planificação, movimentos de câmera e a montagem – nasce o filme
- O ‘be a bá’ do cineasta: planos, movimentos, truques de câmera e de edição;
- Exemplificações: Decupando cenas de filmes – a definir
- Montagem cinematográfica: os fundamentos segundo Karel Reisz.

* Dia 05 – Filmes e a persistência da imagem na temporalidade
- Como a memória é alimentada pelo conteúdo imagético;
- Variáveis que influem diretamente no fluxo narrativo: espaço e tempo.
- Desconstrução: a arte contemporânea subverte as normas do cinema clássico;
- Experimentalismo e criatividade;
- Comentários finais e encerramento do curso.

*** Carga horária: 15 horas/aula

Os certificados serão enviados até 48h após a realização do curso.


Mais informações: https://www.sympla.com.br/curso-como-ler-um-filme-introducao-teorica-ao-audiovisual__23065 

Em caso de dúvidas, envie e-mail para falecomfab@gmail.com.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Programação do fim de semana no Sesc Boulevard


ENTRADA FRANCA

16/08 (Sábado)
LITERATURA
11h - “Maré de histórias”, com Grupo Ayvu Rapta.
Em seu movimento de subir e descer, a maré leva e traz consigo lembranças de onde passou e em seu movimento constante espalha muitas histórias pelas areias que margeiam rios e mares. O grupo de contadores de histórias Ayvu Rapyta coletou algumas destas histórias de rio e mar e vem contar pra quem quiser escutar.
CINEMA
16h - Trabalhar Cansa
Dir. Juliana Rojas, Marco Dutra
2011 | 12 anos | 99 min
A jovem dona de casa Helena resolve realizar o desejo antigo de ter seu primeiro empreendimento: um mini-mercado. Ela contrata a empregada doméstica Paula para tomar conta das tarefas do lar e de Vanessa, sua filha. Quando seu marido Otávio perde o emprego como gerente em uma grande corporação, as relações pessoais e de trabalho entre os três personagens sofrem uma inversão inesperada, ao mesmo tempo em que ocorrências perturbadoras passam a ameaçar os negócios de Helena.
MÚSICA
19h - Delcley Machado
O guitarrista, cantor e compositor paraense apresenta ao lado de seus convidados o show “História Antiga”, um apanhado de musicas que representam a amizade e a união musical e espiritual desses amigos. Sua formação quase espontânea apresenta canções autorais e outras que há muito tempo são cantadas em reuniões do grupo com um amor por elas, como se fossem de suas próprias autorias. Esse projeto reúne cantores e compositores que atuam no circuito de bares, shows e festivais em Belém e em outros estados como: Andréa Pinheiro, Floriano Santos, Alba Maria, Salomão Habib, Lúcio Mouzinho, Pedrinho Callado, Diego Santos, Mário Moraes, Marcelo Serotheau, Paulinho Moura, Pedrinho Cavalléro, Márcio Farias e Marcos Campelo.


17/08 (Domingo)
TEATRO INFANTIL
11h - “Do barro ao boneco” com Jeferson Cecim
Direção: David Matos
Duração: 30 min. Livre
 “Do Barro ao Boneco”é um espetáculo que se constrói na dinâmica cultural da cerâmica Tapajó e no contexto do teatro de animação.Reinvenção é a base da performance que busca interpretar as figuras dos vasos e estatuetas Tapajó.
CINEMA
16h - Holy Motors
Dir. Leos Carax
2012 | 14 anos | 110min
Da madrugada até à noite, algumas horas na existência do Senhor Oscar, um ser que viaja de vida em vida. É alternadamente industrial, assassino, pedinte, criatura monstruosa, pai de família... O senhor Oscar parece desempenhar papéis, interiorizando cada um de forma completa, mas onde estão as câmeras? Está sozinho, acompanhado apenas por Céline, uma senhora loira alta aos comandos da imensa máquina que o transporta em Paris e arredores. É como um assassino consciencioso movendo-se de assassinato em assassinato. Persegue a beleza do gesto, do motor da ação, das mulheres e dos fantasmas de sua vida. Mas onde é a sua casa, onde está a sua família, o seu descanso?
MÚSICA
17h - Márcio Farias
Considerando o ofício do compositor como um semear de idéias, no show “Palavras ao vento” o artista reúne composições inéditas e outras já premiadas em alguns festivais pelo Brasil. São baiões, canções, boleros e mesmo fados, que mergulhados numa expressiva brasilidade representam a música de Márcio Farias, que possui dois CDs gravados e tem registros de composições suas por Patricia Rabêlo, Anny Lima, Pedrinho Cavalléro, Ligia Saavedra, Ana Mel, entre outros.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

IAP lança livro sobre a história da dança em Belém

IAP lança livro sobre a história da dança em Belém


“Classicistas e Transgressores – a história da dança em Belém”, da bailarina Giselle Moreira é a nova publicação do Instituto de Artes do Pará”. Lançamento terá apresentação de espetáculos da Ballare Companhia de Dança e Companhia Moderna de Dança.

Nesta quinta-feira, 14 de agosto, A professora de dança e bailarina Giselle Moreira lança o livro “Classicistas e Transgressores – A história da dança em Belém do Pará”, que retrata duas vertentes da dança na cidade, no período de 1950 a 1990. O lançamento será realizado às 19h no anfiteatro do Instituto de Artes do Pará, com apresentação de grupos de dança. A entrada é franca.

Com pesquisas sobre a história da dança em Belém do Pará realizadas há 19 anos, o livro é resultado da tese de doutorado da bailarina e pesquisadora Giselle Moreira. O trabalho traz um recorte histórico no período de 1950 a 1990.

Giselle explica que a necessidade da publicação veio a partir de uma inquietação particular, em relação as origens do movimento da dança em Belém: “Fiquei muito inquieta em relação ás origens da dança na região e de quem disseminou ela aos demais”. Durante a pesquisa, a doutora afirma que descobriu vários movimentos dentro da dança na cidade, porém dedicou-se a falar somente sobre duas vertentes: classicistas e os transgressores.

Toda a teoria acadêmica da bailarina foi reproduzida em textos coloquiais na publicação. Seu passeio pelo modo como os bailarinos, tanto os clássicos quanto os “transgressores”, levaram seus conhecimentos para as salas de dança na cidade, é o que move as páginas da obra.

O livro inclui ainda entrevistas com profissionais de destaque na dança no Estado. Vera Torres, Clara Pinto, Eni Corrêa e Teka Sallé, são alguns destes nomes. De acordo com Giselle, em seus depoimentos, as bailarinas relatam aspectos sobre os trabalhos desenvolvidos em sala de aula, além de um apanhado sobre os espetáculos nas épocas.

A expectativa de Giselle é que o livro possa alcançar, sobretudo, os apreciadores da dança, das artes e da cultura em geral. “É um livro que não trata somente da dança, mas também sobre a abordagem histórica da época. É um registro de memória da cidade.”, conclui.


Serviço:
Lançamento do Livro “Classicistas e Transgressores – A história da dança em Belém do Pará” de Giselle Moreira
Quinta-feira, 14 de agosto de 2014 – 19h, no anfiteatro do Instituto de Artes do Pará.
Apresentação de trecho do Balé de Repertório (Pas de Deux) “Giselle”, com a Ballare Escola de Dança, e fragmento do espetáculo "Lírica Morada", com a Companhia Moderna de Dança.
O IAP fica na Praça Justo Chermont, 236, ao lado da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.
Entrada franca.


Equipe Ascom - IAP
Telefones: 4006-2918
E-mail: iapcomunicacao@gmail.com
Site: www.iap.pa.gov.br
Twitter: @iap_pa