sábado, 8 de maio de 2010

CICLOTURISMO






Estive na palestra sobre ciclo turismo, proferida pelo Fellipe Santana no dia 07 de maio na loja Top bike. O evento foi ótimo, Fellipe é vegetariano e adepto do ciclo turismo, que valoriza o uso da velocidade baixa para contemplar paisagens, o contato com as pessoas, e a visita a locais desconhecidos da maioria. Já percorreu de bicicleta várias cidades do nordeste indo por estradas alternativas (ele dificilmente utiliza a BR), fotografando paisagens e localidades inexploradas pelo turismo de massa. Carregando um peso médio de 70 Kg ao todo, ligado constantemente ao Google maps e a sites de hospedagem para ciclistas, Fellipe constrói seu itinerário a partir principalmente de uma rede de relações via internet ou via amigos feitos por onde ele passa.
Fellipe tem a idéia de expor as fotos que faz em viagem em exposições nas cidades de Brasília, Rio de janeiro e São Paulo, criar um DVD e desdobrar os seis anos de andança pelo mundo (o projeto inicial é de 10 anos) em livros. No melhor estilo “On the Road” (Jack Kerouak) ou “Mar sem fim” do Amyr Klink, Fellipe veste a camisa do acaso e da deriva. Perguntado sobre o planejamento inicial, ele disse: “Velho, quase Nenhum (risos), o planejamento foi surgindo durante a viagem”. Mais informações no site http://pedaispelomundo.com/tag/cicloturismo/page/2/ vale dar um olho lá, tem várias fotos, textos e informações para mochileiros.
Prestem atenção nas intervenções que eles fazem e chamam de “vaga-viva”, onde por algum tempo, vários ciclistas ocupam as vagas de carros no centro da cidade, criando espaços de convivência, vejam as fotos no site.

Ricardo Macêdo

Um comentário:

Artur Couto disse...

Curti a idéia.

:)