sábado, 6 de junho de 2009

Mundos paralelos



http://www.interney.net/blogs/melhoresdomundo/2009/06/04/poster_do_aranha_e_fake/#more35510

Bom, após você ter lido a matéria do link acima, pensou "caramba, que besteira!" ou "mas que pirateiros safados!"... eu fico com a segunda opção.
Nas minhas andanças pelo Centro de Belém, encontrei inúmeras vezes o DVD do filme Homem-aranha 4, um sucesso de venda, pois este seria o filme ainda não finalizado disponível no mercado informal.
Claro que eu, assim como outras inúmeras pessoas, desconfiadas e até certo ponto antenadas com um mínimo de informação nesse mundo saturado de propagandas e por que não também, muita informação (Que bom para mim! nesse caso...), soube de imediato que este DVD era um embuste dos grandes e sendo um fenômeno de vendas do tamanho da própria mentira. O DVD pirata Homem-aranha 4 até agora está vendendo muito (e sacaneando muito também aqueles que na sua inocência e ignorância compram o "piratinha" do filme ainda "não finalizado").
O mercado informal funciona perfeitamente ("dando aula" para o mercado formal), sustentado não apenas pelas classes menos abastadas, mas também por aqueles que possuem poder de compra elevado, mas que se recusam as vezes a pagar uma quantia na maioria das vezes "salgada". Preços altos fazem com que todas as classes preferiram ter o seu "piratinha". Pessoalmente, concordo com qualquer pessoa que tanto os cinemas quanto o preço de um DVD original pesa no orçamento e muitas vezes é exorbitante.
E como assim me atrevo a dizer que o mercado informal funciona perfeitamente? Oras, vivo em Belém do Pará, terra do Technobrega, o qual se sustenta graças ao mercado informal e independente e toda rede de relações que gira em torno dele (divulgação, shows, CDs e DVDs piratas, rádio, boca-a-boca etc). Abaixo está um link interessante esse mercado paralelo.
http://www.bregapop.com/historia/index_hermano.asp

Não vou escutar technobrega por vontade própria, nem comprei o filme do Homem-aranha 4, mas como é impossível fugir das amarras do mercado, das mídias, dos governos, das instituições, só me resta ou nos resta ter um mínimo de consciência disso tudo. Uma das funções das antenas!

Nenhum comentário: