terça-feira, 9 de julho de 2013

Balanço do Semestre: Alguns dos Melhores Filmes de 2013









É chegado o momento de colocar o ranking NovasMedias!? de filmes mais interessantes do primeiro semestre de 2013. De certa forma, essa ideia veio mais fortalecida por conta do último filme do Leos Carax, Holy Motors, o qual acendeu uma inicial menção para nossa proposta.

Com uma atuação impecável de Denis Lavant (o mesmo ator que tem trabalhado há tempos com este diretor francês), o filme, mais especificamente, é, talvez, um dos mais estranhos dos últimos tempos. A história é até difícil de abordar, mas, grosso modo, trata do personagem do Lavant, que trabalha para a tal da empresa do título, e, no decorrer do filme, vai modificando de papéis para atender aos desígnios de seu trabalho. Histórias dentro da história, quase em uma brincadeira à Chaucer. É aí que o diretor francês faz de seu filme um grande playground por entre os gêneros do cinema, com ampla discussão metalinguística. Extravagância total, um pouco cansativa, mas brilhante na execução e na improbabilidade.

Por sinal, há uma participação musical/cômica da Kylie Minogue, assim como Edith Scob faz um dos papéis principais, e que tem uma passagem muito lynchiana em determinados momentos.  Experiência válida.

****

Pois bem, pegando esse mote, aqui estão alguns outros títulos, antecipando outros mais interessantes do ano. A lista está em ordem de preferência:


 Top 10 1º Semestre 2013


01 – Polissia, de Maiwenn
02 – César deve Morrer, de Paolo Taviani
03 – Holy Motors, de Leos Carax
04 – Segredos de Sangue, de Park Chan-wook
05 – Ferrugem e Osso, de Jacques Audiard
06 – Moonrise Kingdom, de Wes Anderson
07 – Indomável Sonhadora, de Benh Zeitlin
08 – Intocáveis, de Eric Toledano
09 – Colegas, de Marcelo Galvão
10 – A Hora mais Escura, de Kathryn Bigelow

ps.: Se você ainda não viu Polissia, não perca. É incrível. Lembrou o estilo realista casual do Laurent Cantet, diretor do Entre os Muros da Escola. Amour, do Michael Haneke, não está nesta lista, pois o mesmo esteve no topo da lista do ano passado, ao lado de Fausto, do Sokurov.

By John Fletcher



Nenhum comentário: